A região de Kiev, na Ucrânia, foi atacada por drones kamikaze de fabricação iraniana

KYIV, Ucrânia (AP) – Drones kamikaze fabricados no Irã atingiram uma parte da capital da Ucrânia na manhã desta quinta-feira, na quarta manhã após o ataque massivo e mortal da Rússia, enquanto moradores acionavam sirenes de ataque aéreo e equipes de resgate corriam para o local. País de segunda-feira.

O governador regional de Kyiv, Oleksiy Kuleba, disse que o ataque ocorreu na área ao redor da capital. Ainda não está claro se houve vítimas.

Kyrillo Tymoshenko, vice-chefe do gabinete presidencial, disse em um telegrama que “importantes instalações de infraestrutura” foram afetadas, sem fornecer detalhes.

Na cidade de Mykolaiv, no sul, um bombardeio noturno destruiu um prédio de apartamentos de cinco andares enquanto os combates continuavam no sul da Ucrânia.

O prefeito de Mykolaiv, Oleksandr Sienkovych, disse que os dois andares superiores do prédio foram completamente destruídos em um único ataque, enquanto o resto do prédio desabou. Não se sabe imediatamente se houve vítimas.

Os ataques matinais se tornaram uma ocorrência diária no sul da Ucrânia, enquanto as forças de Kiev montam uma contra-ofensiva para retomar o território controlado pela Rússia.

Os ataques a Kyiv se tornaram raros antes que a capital fosse atingida pelo menos quatro vezes durante os ataques em massa de segunda-feira, que mataram pelo menos 19 pessoas e feriram mais de 100 em todo o país.

Líderes ocidentais prometeram nesta semana enviar mais armas para a Ucrânia, incluindo sistemas de defesa aérea e armas, que Kyiv disse serem fundamentais para derrotar as forças russas invasoras.

Os militares da Ucrânia disseram nesta semana que suas defesas aéreas existentes derrubaram dezenas de mísseis russos e drones Shahed-136, conhecidos como drones kamikaze, que desempenham um papel cada vez mais perigoso na guerra.

READ  Netflix - Greta Gerwig dirige para The Hollywood Reporter

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *