Apple Apple Watch Artigos Conceito HealthKit Mac Notícias Patente

Sensor de monitorização de saúde similar ao do Apple Watch poderá aparecer em futuros MacBooks

15/03/2019

author:

Sensor de monitorização de saúde similar ao do Apple Watch poderá aparecer em futuros MacBooks

Continua a aposta da Apple em produtos dedicados à saúde. Futuros modelos de MacBooks poderão incluir um biosensor com funções semelhantes às presentes no Apple Watch.

A Apple habilitou o seu relógio de várias funções para ajudar o utilizador a ter um estilo de vida mais saudável. Mais ainda, desenvolveu capacidades de monitorizar o coração, a função de eletrocardiograma é neste momento uma das suas bandeiras.

Neste sentido, com os mais de 22 milhões de Apple Watch vendidos em 2018, as notícias de vidas salvas surgem em catadupa.

Deste modo, aproveitando a experiência positiva, a Apple pretende expandir este sistema a outros dispositivos. Assim será, pelo menos a julgar pelo conceito apresentado na entidade de registo de patentes e marcas nos Estados Unidos. Aqui podemos ver a presença de um sensor junto ao trackpad de um MacBook.

Ainda segundo estes planos, podemos ver um design diferente do sensor do Apple Watch. Abandona assim a forma arredondada, passando para uma superfície lisa, com linhas de microperfurações protegidas por uma camada translúcida.

As funcionalidades do biosensor no MacBook

Funcionalmente, o sistema será similar ao já conhecido, com projeção de luz LED na pele do utilizador. Logo, a leitura dos dados será feita pelo software com a luz refletida.

Segundo avança o AppleInsider, são apontados diversos elementos passíveis de recolha. Dos quais se destacam, a frequência cardíaca, a frequência respiratória, o nível de oxigenação do sangue, a tensão arterial, e a estimativa de densidade do sangue.

O sensor estará estrategicamente colocado ao lado do trackpad, de modo a que fique colocado debaixo do pulso quando estamos a teclar.

Outras funções podem ser atribuídas ao sensor.  Entre elas, a deteção de presença do utilizador evitando que o MacBook entre em modo de suspensão. Poderá ainda permitir que o teclado se ilumine automaticamente sem recorrer a nenhum outro botão.

A Apple regista diversas patentes, quase semanalmente, o que demonstra acima de tudo as áreas de interesse de desenvolvimento. Não quer necessariamente dizer que todos os produtos e ideias venham a conhecer a luz do dia.

Uma coisa é certa, a aposta da Apple nos sistemas de acompanhamento de saúde do utilizador, são um investimento para o futuro. Prova disso, notícias reportam que recentemente foram admitidos na empresa 50 médicos. Estes serão distribuídos por diversos departamentos, com o objetivo de desenvolver e melhorar as tecnologias dedicadas à saúde.

Homem do norte, tem como passatempos o enduro BTT, o surf, o crossfit e a PS4. Adora tecnologia, ainda mais quando a finalidade é facilitar e agilizar o dia a dia. Benfiquista de alma e coração, acompanha ainda o seu FC Famalicão, clube da terra.