Artigos FaceTime Notícias

Apple recompensa financeiramente jovem que descobriu o bug do FaceTime

09/02/2019

Apple recompensa financeiramente jovem que descobriu o bug do FaceTime

O jovem Grant Thompson, residente no Arizona, Estados Unidos, foi quem descobriu o bug que afetava as chamadas de grupo do FaceTime e a Apple vai recompensá-lo.

A notícia do bug do FaceTime veio a público no final de janeiro. Foi o adolescente de 14 anos, que descobriu esta falha ao fazer uma chamada de grupo pelo FaceTime com os amigos para debater estratégias sobre o popular jogo Fortnite. A falha consistia no facto de o microfone ou câmara poder ser ativado mesmo tendo o destinatário rejeitado a chamada.

Nessa altura, a mãe do jovem Greg enviou diversos emails para a Apple, sem obter no entanto qualquer resposta.

Agora foi-lhe creditado o mérito com uma recompensa financeira de valor não divulgado, porém é sabido que o programa de recompensas para quem encontrar uma  falha grave no iOS, pode ascender aos 200 mil dólares (cerca de 176 mil Euros).

Entretanto as chamadas de grupo do FaceTime estão de volta para quem já atualizou o iPhone, iPad para a versão 12.1.4 do iOS e MacBook para a versão 10.14.3 do macOS Mojave, depois de ter estado alguns dias desativado.

Vulnerabilidade que facilita o roubo de passwords no macOS ainda sem resolução.

O programa de recompensas por encontrar os comuns bugs ou falhas na Apple só é válido para o sistema operativo dos dispositivos móveis iOS.

Um alemão especializado em detetar falhas em software, de seu nome Linus Henze descobriu uma vulnerabilidade relacionada com a segurança das passwords no sistema operativo macOS, sendo que este não revela para já mais detalhes, numa tentativa de pressionar a Apple a incluir este sistema no falado programa de recompensas.


Artigo redigido por Nuno Rocha