Apple Apple TV Artigos HomePod Notícias

Apple não estará a ter lucro com a Apple TV 4K e o HomePod

03/02/2019

Apple não estará a ter lucro com a Apple TV 4K e o HomePod

Todos sabemos que a Apple fabrica produtos de alta qualidade que nem sempre encontram um mercado com bolsos bem recheados. Será que a Apple resolveu vender certos itens a preço de custo real de fabricação para aumentar a sua fatia de clientes fiéis?

É certo que nenhuma empresa tem o hábito de divulgar quanto gasta por produto que vai parar às prateleiras das lojas, pelo que normalmente só temos uma ideia aproximada através de um cálculo sobre o valor de cada peça empregada para cada item em particular. Somando o custo das peças, mais o custo da mão de obra e os impostos pagos pela empresa, chegamos a um valor relativamente próximo do custo real de produção de cada dispositivo.

No entanto, a Apple poderá estar mesmo a vender alguns produtos a preço de custo de fabricação, segundo John Gruber, do blog Daring Fireball, que comentou, sem aprofundar muito a questão, no podcast “The Talk Show”  que ouviu de “um passarinho de confiança” que a companhia dos iPhones não lucra nem com a Apple TV 4K e nem com o HomePod.

É sabido que Gruber tem bons contactos dentro da Apple, que lhe poderão ter passado essa informação, mas ainda não foi emitida nenhuma posição oficial por parte da empresa sobre este assunto, e provavelmente nunca será, pelo que poderá ser apenas um rumor ou então desinformação que foi parar aos ouvidos do blogueiro.

John Gruber afirma que a Apple TV 4K é vendida a preço de custo (o modelo de 32 GB custa 180 dólares) e que o HomePod, que custa 350 dólares nos Estados Unidos, é vendido de forma, financeiramente falando, ainda pior: supostamente o custo de produção é superior aos 350 dólares. A ser verdade, a Apple perde dinheiro com o HomePod, não importando quantas unidades venda na terra do Tio Sam.

Gruber explica a situação da seguinte forma:

“Se acha que é um problema esses produtos serem mais caros do que os vendidos pela concorrência, que poucas pessoas os compram, não é porque a Apple está a cobrar muito dinheiro por eles. É porque a Apple fabrica e desenha produtos bons demais”.

Mas há aqui uma questão importante e que se deve ter em conta. A Apple pode estar a perder de um lado com o hardware e a sua fabricação, mas certamente que está a ganhar do outro com os seus serviços, como o Apple Music.