App Store Apps Artigos iPhoneography Opinião Reviews

Appetecível: Pixelmator (iOS), um editor de fotos simples mas poderoso

04/10/2018

author:

Appetecível: Pixelmator (iOS), um editor de fotos simples mas poderoso

Desde 2010 que utilizo iOS, não só devido ao meu gosto por fotografia, como também pelo facto de poder editar qualquer uma das minhas fotografias de forma simples e conveniente no meu iPhone/iPad. Isso permitiu-me durante este espaço temporal acompanhar a evolução e vasta coleção de apps de edição fotográfica, existentes na App Store.

No entanto, muitas delas são apenas apps de edição fotográfica com filtros e ferramentas básicas. Mas se por acaso a tua necessidade e nível exigência é superior a isso, necessitarás obrigatoriamente de uma app bastante mais evoluída e versátil, capaz de te proporcionar inúmeras opções. É aqui que entra Pixelmator!

Pixelmator 01

O que é o Pixelmator?

Lançado em 2016 na App Store, o Pixelmator traz-nos um nível avançado de edição fotográfica e design gráfico ao iOS, permitindo uma experiência em tudo semelhante à do Adobe Photoshop, mas desta vez na ponta dos teus dedos.

Esta é a app que mais utilizo quando pretendo dar um toque profissional às minhas fotografias, sejam elas conseguidas no iPhone ou na DSLR. Isto porque oferece uma interface extremamente simples e intuitiva, bastante “amiga” do utilizador, pois permite usufruir de todo o seu potencial sem que seja necessário uma aprendizagem para o fazer. Se já utilizaste o Adobe Photoshop (Versão Desktop), irás perceber rapidamente que possuis muitas das suas ferramentas ao teu dispor, mas de uma forma acessível e bastante mais simples de utilizar.

De referir que utilizo esta app apenas para edição de imagem. Por esse motivo, esta análise será mais direccionada para essa finalidade, apesar do Pixelmator incluir outras ferramentas extremamente importantes e úteis para profissionais de design e pintores digitais.

Porque deves usar esta App?

O Pixelmator oferece um vasto leque de ferramentas avançadas, capazes de elevar a qualidade dos teus trabalhos. Assim, aliado à sua simplicidade e facilidade de utilização, esta app consegue diferenciar-se das restantes.

Quando abres a aplicação, tens a possibilidade de criar de raiz um projecto ou, em alternativa, utilizar um dos templates existentes – compostos por seis opções de Montagem, sete de molduras, sete de fichas/cartazes, seis de posters, doze efeitos/filtros pré-definidos – ao invés de simplesmente escolheres a fotografia desejada.

Pixelmator 02

Todas as ferramentas disponibilizadas para edição estão devidamente organizadas e separadas, de modo a facilitar a sua utilização. Como podes verificar na imagem abaixo, todas elas estão distribuídas através de cinco ícones, situados no canto superior direito do teu ecrã principal.

Pixelmator 03

Quando selecionares cada um destes ícones, as suas funções “ocultas” serão expandidas, disponibilizando várias opções dentro da respectiva categoria

Pixelmator 04

Como já referimos anteriormente, terás ao teu dispor uma série de ferramentas úteis. Começando pelas mais básicas, poderás escolher entre filtros simples, ajustes e regulação dos níveis da imagem através de um gráfico, brilho, contraste, saturação e balanço de cores.

Pixelmator 05

Porém, podes optar por algo mais avançado, como a possibilidade de reparar uma imagem de forma inteligente, clarear/escurecer, afinar, suavizar, manchar, saturar, clonar, correção de olhos vermelhos, ferramentas de seleção e de distorção de imagem, entre outras.

A sua lista continua e inclui ainda inúmeras ferramentas dedicadas a pintores digitais e artistas gráficos, entre elas uma vasta gama de pincéis, bastantes opções de texto, que incluem sobreposições e efeitos, bem como conjuntos de ferramentas baseadas em camadas.

Podes encontrar a todas as ferramentas existentes aqui.

Que filtros existem em pixelmator?

Ao utilizares Pixelmator, facilmente perceberás que este não é seu o ponto forte. A ideia essencial aqui é de usares todas as ferramentas e efeitos disponíveis, e deste modo criares tu os teus próprios filtros! Contudo, para além dos oito filtros básicos já existentes em “ajustes de cor”, serás contemplado com alguns adicionais, nomeadamente na secção “adicionar efeitos”. Aí, ao selecionares a opção “vintage” ou “preto e branco”, encontrarás sete sub-filtros no seu interior para poderes utilizar.

Pixelmator 06Gostaríamos de destacar que nesta secção, alguns dos efeitos existentes possuem barras e mostradores extras no ecrã, que espelham claramente a forma intuitiva e simplificada de como toda a interface desta app é construída.

Pixelmator 07Existe um equilíbrio adequado nestas funcionalidades extras, pois para além de serem divertidas de utilizar, conseguem igualmente serem simples e funcionais. Por exemplo, neste caso na opção “Matriz e saturação” podes utilizar o mostrador circular para escolheres a tonalidade de cor desejada.

Pixelmator 08Aqui tens a possibilidade de regular a percentagem de vignette aplicável, com um mostrador circular semelhante.

Pixelmator 09Em alguns efeitos, irás encontrar pontos de seleção, como no exemplo acima, em que poderás escolher qual o local que desejas aplicar este efeito e o seu tamanho/amplitude respectivamente.

Descobre as diferenças

De seguida, iremos mostrar-te, através de alguns exemplos, como podes tirar o melhor partido de algumas ferramentas existentes no Pixelmator.

Nesta imagem – retirada no modo retrato do iPhone 8 Plus- podes verificar uma fotografia sem qualquer edição aplicada, onde inclusive saltam à vista algumas imperfeições, tais como a linha do horizonte e as suas cores.

Agora, utilizando a fotografia acima, realizámos uma pequena ilustração gráfica onde poderás verificar que, ao efetuar uma correção nos seus ajustes de cor, conseguirás obter uma fotografia com um impacto completamente diferente. Para além disso, podes igualmente acrescentar todo o tipo de texto às mesmas, com várias possibilidades no que respeita ao tipo de letra, efeitos e cores.

Como toque final decidi dar o merecido destaque à estrela do mar, elemento principal da fotografia, utilizando a ferramenta “Clarear”. Assim, passamos de uma foto banal para uma imagem bastante apelativa e interessante.

Outro exemplo das potencialidades de Pixelmator prende-se com o facto de poderes facilmente corrigir pequenas imperfeições existentes nas tuas fotografias. Repara nesta fotografia retirada ao meu Apple Watch. Se verificares bem, este tem o seu visor riscado do seu lado esquerdo. Apesar de não ser muito notório, podes realizar uma simples correção de brilho, contraste e saturação, que irás perceber que estes riscos ficarão ainda mais salientes e que irão arruinar por completo a tua fotografia.

Após realizar diversos ajustes de cor e pequenas afinações do efeito de desfoque (utilizando as ferramentas “Afinar” e “Suavizar” ), os riscos existentes continuavam visíveis, pelo que decidi utilizar mais uma ferramenta “Pintar”. Esta permite selecionar a zona que desejas corrigir, e pintá-la exatamente da mesma cor. Como podes ver, o resultado obtido é bastante superior ao original:

Certamente que já te deparaste com aquele momento perfeito para tirares uma fotografia. No entanto, à sempre um carro ou uma pessoa que não te permite fazê-lo da maneira como idealizavas. A ferramenta “Reparar” permite ultrapassar tudo isso e de forma automática! Apenas tens de selecionar o objecto ou zona que queres ver corrigida, e a própria app analisa a imagem e corrigi-a automaticamente.

Repara neste exemplo: um pôr do sol lindíssimo. Apesar da imagem estar um pouco escura, podes verificar no seu lado esquerdo um carro, assim como várias pessoas neste cenário a apreciar este belo momento. A questão que se coloca é, e se porventura não estivesse ninguém nesta fotografia, qual seria o resultado?

Como podes verificar, com esta excelente ferramenta conseguimos facilmente retirar elementos indesejáveis das nossas fotografias em poucos segundos. Isto pode ser alcançado através de zoom, por forma a irmos ao pormenor e corrigir pixel a pixel, sem deixar rasto de qualquer objeto ou pessoa.

Quanto custa esta App?

Pixelmator é uma app universal para iOS, ou seja, assim que a adquirires, irás obtê-la tanto para iPhone com para iPad – onde, a meu ver, consegues ainda explorar melhor todo o seu potencial devido à dimensão do seu ecrã. Neste momento poderás encontrá-la na App Store por 5,99€.

Pixelmator
Price: 5,99 €

Por outro lado, a app existente para Mac terá de ser adquirida à parte e custa 32,99€.

Pixelmator
Price: 32,99 €

Mas esta é uma opção a ter em conta, não só porque irá oferecer-te ainda mais funcionalidades e ferramentas em relação à versão iOS, como também pelo facto de puderes dar uso à função handoff. Por outras palavras, este recurso do iOS e macOS permite realizar um trabalho no teu Mac e posteriormente continuá-lo no teu iPhone/iPad ou vice versa, para além da integração com iCloud existente.

Tens também uma versão Pro desta app para Mac, que custa 43,99€

Pixelmator Pro
Price: 43,99 €

Prós

  • Interface simples e intuitiva, sem necessidade de qualquer tipo de tutoriais ou aprendizagem inicial;
  • Excelente optimização para iPhone e iPad;
  • Possibilidade de utilizar vários templates;
  • Vasto leque de ferramentas disponíveis;
  • App universal;
  • Suporte para Apple Pencil;
  • Não possui compras integradas nem subscrições adicionais;
  • Grava automaticamente todos os trabalhos realizados na iCloud Drive;
  • Edição de fotos com resolução máxima de 100 megapixels – 16K;
  • Exportação em formatos: PNG, JPEG, PDF e PSD.

Contras

  • É possível retroceder, mas não avançar para a última alteração realizada;
  • Em alguns efeitos existentes, os mostradores extra no ecrã necessitam de algum tempo para obter os resultados desejados;

Conclusão

Na minha opinião, o Pixelmator é sem dúvida uma das melhores e mais poderosas apps de edição de imagem existentes na App Store. Apesar da existência de apps concorrentes de grande qualidade, como Affinity Photo, Snapseed, Enlight, Adobe Photoshop Lightroom e Express, entre outras, esta app disponibiliza-te um panóplia de ferramentas de qualidade devidamente adaptadas e optimizadas para utilização no ecrã táctil do teu iPhone/iPad.

Assim, face a tudo o que foi dito anteriormente – o seu preço, performance, inteligência da própria app em realizar tarefas automáticas, a forma simples, intuitiva e pratica como consegues usufruir de todo o seu potencial – considero o Pixelmator uma appetecível para todos aqueles que desejem valorizar o que de melhor têm as suas fotografias, assim como elevar qualquer trabalho relacionado com imagem, para um patamar elevado.

Por fim, recomendamos que espreites o canal de YouTube dedicado a esta app para veres de forma pormenorizada algumas das funcionalidades em ação.

Iniciou o seu percurso enquanto estudante e profissional em Lisboa e por aí continuou, atualmente a residir na Margem Sul do Tejo, já fez um pouco de tudo a nível profissional, com formação na área da banca e seguros, no seu currículo inclui igualmente uma passagem na área de IT, algo que sempre teve como hobbie, apaixonado desde criança pela área de tecnologia e tudo o que a envolve. Adora o Benfica, Surf, todo o tipo de desportos radicais, Videojogos, Cinema, Música, Fotografia e Vídeo. A sua entrada no mundo Apple iniciou em 2007 com o iPod nano 3ª geração, desde então nunca mais parou de acompanhar e comprar produtos Apple. Dono de um iPhone 8 Plus, Apple Watch S2, iPad, AirPods e Apple TV 4ª geração, aos quais não os troca por nada, esperando em breve fazer a tão esperada transição Windows - MacOs para completar o seu ecossistema Apple.