Como utilizar o Apple Pay em Portugal?

Apple Pay Artigos Dicas Úteis 17/08/2018
Pagando com o Apple Pay

author:

Como utilizar o Apple Pay em Portugal?

Sim, leste bem, é possível utilizar o Apple Pay em Portugal! Esta “minha” descoberta – que na realidade não é minha, uma vez que já tinha lido sobre isso há uns tempos em fóruns “tugas” da internet –  veio na sequência de ontem, quinta-feira dia 16 de agosto, quando me preparava para pagar o pão no supermercado, reparei que a pessoa à minha frente – e com ar de estrangeira – efetuou o pagamento com o seu smartphone.

O “problema” é que o smartphone pareceu-me um iPhone e a pessoa encostou-o literalmente ao terminal de pagamento automático (TPA), também conhecido como POS (point of sale), ou vulgo multibanco. Ora, depois de observar isto, fique com a pulga atrás de orelha. Foi quando me lembrei do que tinha lido há uns anos nos tais fóruns em que pessoal afirmava que era possível efetuar compras em Portugal com o Apple Pay.

Deste modo, pus-me a pensar se de facto o problema para a Apple não dar oficialmente suporte ao Apple Pay em Portugal tem a ver com a estrutura tecnológica de pagamentos, ou se é apenas por não ter chegado – ainda – a acordo com bancos portugueses. E, para meu espanto, é a última hipótese que está correta, pois pelo que percebi desta minha experiência, se no ato do pagamento o visor do TPA apresentar a imagem de pagamento contactless (sem contacto), é possível utilizar o Apple Pay por cá. E claro, desde seja um equipamento compatível da Apple.

Ícone pagamento contactless
“logo” do pagamento contactless

Mas vamos por partes, por forma a explicar-te passo a passo como consegui realizar esta “proeza”. A minha lógica foi pôr-me no lugar de uma pessoa que vive num dos países com suporte ao Apple Pay e que tenha um cartão bancário igualmente compatível. Felizmente que, para isso, não preciso deslocar-me a um desses países, pois hoje em dia existem os chamados “bancos digitais”, em que basta instalar uma app para criar uma conta e um cartão virtual (ou não), e alguns desses com suporte ao Apple Pay. O banco escolhido para o efeito foi o boon., do Reino Unido e que não é isento de taxas.

Procedimentos:

  1. Fazer o download da app boon. Para isso, tive que criar um novo Apple ID onde defino como local o “Reino Unido”, pois a app só está disponível para download nessa App Store;
  2. Abrir a App Store no iPhone e tocar no canto superior direito, onde normalmente se encontra a imagem de perfil do atual Apple ID, para fazer “Terminar sessão”. Depois foi inserir os dados do Apple ID criado no ponto 1. Nesta altura, ao fazer o login, foi-me pedido que preenchesse o campo “endereço”. A mim deu-me um erro no código de postal. Para ultrapassar esta questão, inseri um código postal Britânico e deu (go figure…)
  3. Com o login feito na App Store do Reino Unido, é só procurar a app e instalar;
  4. Após concluída a instalação, segue-se um dos passos mais importante de todos: alterar a região do iPhone para “Reino Unido”. Para isso, basta ir à app Definições -> Geral -> Idioma e Região e alterar apenas a “Região”. Este processo pode demorar alguns segundos mas é fundamental por 2 motivos: primeiro é o que vai permitir criar uma conta na app boon., caso contrário irá dar erro; segundo, só definindo a região para um dos países com Apple Pay – neste caso o R.U. – é que se tem acesso a todas as funções da app Wallet, nomeadamente a de adicionar cartões bancários;

    Ícone da app Wallet
    Ícone da app Wallet
  5. Durante o processo de criação de conta boon., é necessário que seja fornecida toda a informação real, ou seja, a morada em Portugal e o contacto telefónico verdadeiro, pois será essencial para validação de conta;
  6. Concluída a criação da conta, com todas as validações por e-mail e sms, apareceu-me uma opção na app a dizer “add to Apple Wallet” (adicionar o cartão virtual à app Wallet), algo imprescindível para que o Apple Pay funcione.
  7. Além de adicionar o cartão na Wallet do iPhone, é também possível adiciona-o à Wallet do Apple Watch. Antes disso, tive novamente que alterar a região do Apple Watch para “Reino Unido”. Abri no iPhone à app Watch e fui em Geral -> Idioma e Região. Este processo demora substancialmente mais do que no iPhone. Feito isto, consegui então adicionar o teu cartão da boon. à Wallet do meu Watch;
  8. O cartão virtual criado é do tipo pré-pago e a moeda a Libra esterlina, pelo que agora é necessário carrega-lo com dinheiro. Nada mais simples, pois por baixo do saldo – que deverá ser £0,00 – encontrarás um sinal de mais (+) onde tens a opção de “top up”, que é basicamente para adicionar saldo. A imagem seguinte foi tirada já depois de adicionar saldo (e usar o Apple Pay):
    Apple Pay com Apple Watch em Portugal 4
    app boon.

    Nas opções para adicionar saldo, eu escolhi a opção via “credit card”, porque o dinheiro fica disponível imediatamente. Há, no entanto, uma nuance muito importante neste passo. O cartão de crédito (ou débito) que for adicionado tem que ter a opção 3D Secure ativada (que tipicamente pode fazer-se através do homebanking no caso de ainda não estar) e ser VISA ou Mastercard. Este cartão ficará em memória na app boon. para futuros carregamentos.

Procedimento concluído!

E agora, uma boa notícia extra: após o procedimento estar concluído, voltei a definir a região do iPhone/Apple Watch para Portugal e o Apple Pay funcionou perfeitamente! Foi só usar o iPhone ou Apple Watch no TPA, tal como fiz no vídeo seguinte:

Concluindo, este foi o método que encontrei para poder usufruir do Apple Pay em Portugal. Deixo ao teu critério tentares replicar estes passos. Com efeito, o objetivo deste artigo foi apenas explicar os procedimentos envolvidos para conseguir, com sucesso, utilizar o método de pagamento da Apple no nosso país.

Caso conheças outros bancos digitais que também possam funcionar, não deixes de partilhar connosco!